MEI pode vender seus produtos no digital? Saiba como!

É fato que o número de microempreendedores individuais (MEIs) se multiplicou durante a pandemia, afinal, enquanto muitos perdiam seus empregos e precisavam encontrar maneiras de se recolocar no mercado de trabalho, outros partiram em busca de mais autonomia e independência financeira, a partir de um formato dinâmico e relativamente simples de iniciar um negócio.

Ao contrário do que muita gente pensa, o MEI também pode vender on-line, tanto em canais específicos de venda, quanto em marketplaces.
Quer saber mais sobre as particulares do MEI como lojista on-line? Então, siga com a leitura e confira o artigo informativo que a equipe do blog Sistema Grátis preparou para você.

O MEI no universo digital
A boa notícia é que o MEI, assim como qualquer empreendedor regularizado, pode vender on-line. Contudo, é nítido o quanto os lojistas menores sofrem com os desafios e com a tamanha competitividade do mercado digital, visto que os grandes comerciantes sempre levam vantagens em relação às vendas, justamente por comprarem em grande escala e conseguirem preços mais atrativos com os fornecedores.

Outro cuidado que todo MEI deve tomar está relacionado ao próprio limite de faturamento da modalidade, que não pode ultrapassar os R$ 130 mil por ano.

Além disso, a obrigatoriedade de emissão de NFs também assombra os microempreendedores individuais, já que, nem todos eles emitem os documentos de maneira integral.
Por esse motivo, é fundamental verificar se o seu Estado emite a Nota Fiscal Eletrônica, para evitar problemas com os marketplaces e consumidores.

Qual o melhor canal de venda on-line para um MEI?

De fato, é impossível apresentar uma resposta exata para essa pergunta, afinal, cada caso é um caso, e cada microempreendedor tem seu público-alvo, demandas e alcance específicos. Entretanto, algumas dicas podem ajudá-lo a encontrar a melhor plataforma digital para intensificar as suas vendas.

Antes de escolher um canal de venda, é preciso considerar o potencial de alcance do marketplace e analisar como a plataforma pode contribuir para as suas estratégias de venda enquanto lojista.

Além disso, também é essencial verificar se o canal em questão está devidamente preparado para receber lojistas menores, com dificuldades pontuais e inúmeros desafios iniciais, que precisam de auxílio para serem superados.

O suporte para o MEI também deve ser levado em consideração. Existem plataformas mais direcionadas aos microempreendedores, que oferecem treinamentos para auxiliar os lojistas a utilizarem as ferramentas, cadastrarem produtos, compartilharem conteúdos e criarem estratégias mais assertivas, de acordo com o nível de maturidade do negócio.

Em poucas palavras, na hora de escolher uma plataforma de vendas é preciso se atentar, essencialmente, aos seguintes quesitos:

► Visibilidade do canal
► Suporte para MEIs
► Opções para o seu crescimento
► Limite de faturamento para MEI em 2022: R$ 130 mil no ano.

Marketplaces para MEIs: três questões que merecem atenção

Antes de entrar em um marketplace, é preciso se atentar a algumas questões que, por mais simples que pareçam, podem fazer toda a diferença no desenvolvimento do seu negócio.
São elas:

1 – Prazo de entrega
Uma boa logística é fundamental para garantir a satisfação e a fidelização de um cliente na sua loja. Para isso, é necessário respeitar, rigorosamente, os prazos de entrega estipulados pela plataforma, para evitar sofrer punições ou, até mesmo, ter a sua reputação prejudicada.

2 –Gerenciamento de contas
Você pode estar presente em vários marketplaces de uma só vez, mas precisa se lembrar de que o seu estoque é único e a sua receita também. Por isso, a gestão deve ser constante.

3 –Taxa de comissionamento
A grande maioria dos marketplaces trabalha com taxa de comissionamento, portanto, antes de se tornar parceiro de um, é importante saber qual porcentagem deverá ser paga à plataforma, para que você possa precificar os seus produtos de maneira adequada.

A integração como uma grande aliada das suas vendas

Enfim, agora que você já sabe sobre os principais pontos para ser bem-sucedido em um marketplace como MEI, é importante buscar por ferramentas capazes de realizar a integração dos seus processos operacionais com as plataformas, para aumentar as suas vendas e alcançar novos mercados.
Com um ERP, você pode vender em diversas plataformas de maneira automatizada e inteligente. Além disso, aumenta as suas possibilidades de conversão, já que amplia a presença da sua marca e dos produtos ofertados.
O Sistema Grátis possui integração com os maiores marketplaces do mercado e ainda oferece um sistema de gestão capaz de simplificar e automatizar as suas vendas.
Assim, além de otimizar a gestão interna e sincronizar os cadastros, vendas e entregas, o ERP ainda facilita a logística e a emissão de NFs.
Clique aqui, acesse o site e saiba mais sobre a ferramenta ideal para atender às demandas do seu modelo de negócio.

No mais, continue de olho no Blog Sistema Grátis. Em breve teremos mais novidades por aqui.
Um grande abraço e até o próximo post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: